marinhêra

“o seu nome eu escrevi
na areia
a onda do mar […]”

é salgado é sagrado
é saudade o mar
era vc vc era
:no sonho

de tantas eras
marés areias
lua cheia era no
outro hemisfério, sur

quanto aqui tela preta
o céu-ecrã meio blur
que meus olho, imit
ando rebentação
salgada s
agrada saudade

de vc vc vc,

—ejava
—ulhava,
—inhêra só,
a—gava:

“eu não sou daqui,
eu não tenho amor”

Anúncios
Padrão

2 comentários sobre “marinhêra

  1. Cara Tatiana,

    Como vai?

    Meu nome é Victor e faço parte do Coletivo de Literatura LGBT Reinaldo Arenas. O nosso Coletivo surgiu em 2016 no curso de Letras da Universidade de São Paulo e desde então estamos organizando atividades e eventos sobre literatura produzida por autores/ou temáticas LGBT+.

    Gostaríamos de saber se você estaria interessada em fazer uma palestra sobre a representatividade lésbica na literatura. Estamos abertos a proposta de formato da palestra, bem como o conteúdo que você gostaria de desenvolver. Estamos dispostos a fazer a sua participação por Skype (ou pela mensagem de vídeo do Facebook).

    Planejamos um evento para o dia 30 de Agosto, às 17h30, em que teremos uma palestra da mestra Claudiana Gois. Sabemos que está em cima da hora para tal convite e se você não estiver disponível, estamos abertos a planejar uma palestra sua com mais cuidado para setembro.

    Atenciosamente,
    Victor
    (victor.augusto.pacheco@gmail.com)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s