cais

ouve a cor desse adeus
eu vou partir do cais
que eh vc

quando tempo escorrer
esse afeto de sal
vai

dissolver
que nem onda sumindo em espuma
afogar no meu peito abissal tanto mar

(ai)

grão de areia que nunca ardeu de calor
sonhando vidro se

quebrou

(olha o som desse adeus
deixa partir o caos
que eu virei)

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s