vênus

… y vênus-guiada:

pelo pulmão do teu quarto
o sol
un retablo
respirava a cortina derramada vento no meu
quadril

(pausa di
minuta no balé
dos seus dedos)

noutro frame era luz
entornava sua íris
2mm à dir.
– de quem vê –
uma mancha de nanquim
tingindo de escuro de mim de bom

dia

um pedaço dessa pérola que suas
pálpebras macias
guardam,

tesouro de
pirata

(sonhei mergulhada numa
noite ensolarada que nem mar
diáguafogo – eu que também tropical –

acordei saciada, tua
saliva, y tava na
dando mesm
a: tua c
ama)

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s