vulcão

veio “amanhã”,
veio mar:

maré mudou,
volumiou de tamanho
veludiei na sua terra y logo
me desp(ed)i (era: espera, milissegundos,
ou uma era).

achei inadequado tecido, des
necessário. tua pele fazia um som encostando em
mim me cobria, que só se ouvia de dentro (silêncio medit
ativo

de vul

– cão em erupção
– gar que nem toda paixão
– va mergulhar em mim também

(“ask me, i wont say no, how could i?”)

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s