netuno em peixes.

com a boca cheia de dentes y vazia de palavras
os olhos cheios de pó y nunca rios / dágua / para /
escorrer nada que valha / nada /
destulhar as calhas retinais
barragem de contenção imaginária entre os canais
lagrimais y o nó da garganta que ca
lagrimais y o nó da garganta que ca
lamaçais y o nó da garganta que

chove.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s