deix a chuva cair

vai
que
um dia seus olhos brilham mais de me ver que de ver qq outra coisa
vai que eles brilham mais que qq outra coisa de me ver
y vai
que
qq outra coisa brilha menos que seus olhos quando elas me veem
as
coisas
e as coisas…
elas me olham viu?
não tão atentas quanto você
in
vestigando meu sono
vestigiando meu sonho
 
mas vai
que
acontece qq coisa y todo brilho decide
se perder pode ser que eu nem
perceba
que… vai
que
qq dia seus olhos preferem brilhar por outra coisa qq mais que de me ver
é,
pode acontecer
como pra mim eu mesma brilho mais que qq outra coisa pode ser
que eu nem
veja você
part
indo já
tá indo?
ah não…
então c me avisa?
quando for
semear
mais
vis
ta
s

 

 

 

(é tudo mentira jogo charme licença profética
óbvio que eu ia perceber você embora
é tudo por causa do seu vendaval calmo,
é por causa do seu vendaval calmo que meus olhos tão brilhando desde agora até um pra-sempre enferrujado)

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s