pa ojare

resquício da escravidão a servício da servidão
regalos da colonização: regalia de
cafezinho com bulinação
“esquece o açúcar não, doçura”
humildade num é humilhação. y curra
responde com sangue no olho, justiça do cão

desumanidade né, decapitar patrão…
a forja duma guerra que nunca cessa
de corpo, de pele, de classe, de chão
“o dono da minha cabeça é aquele que decepa”

Ogum pa lele pa
Ogum pa ojare
Ogum pa lele pa
pa ojare

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s