recado

encosta
linguanopalatoquaaaais
sai-não-sai

arranha
o teto da garganta
finge que vai
num vai

palavra presa
terrada em gris
mental não diz
senti-mental

why?
ou
uai!
que eu não consigo mais articular

palavra

sobre

aquele

tema?

eu disse
do outro lado da mesa
tentando
me esquivar de sua

dureza*

pigarro

era o máximo que saía

que eu
conseguia

articular

depois fui ler

palavra de outra feita

pra ver se a minha se animava a

brotar

mas fiz foi derramar

do canto de olhos

mais y outras grossas

pesadas

lacrimais
silenciosas

quando eu só voava
as palavras desbaldavam
as veis atropelavam
quem tava ao redor

agora eu também nado
e as veis eu que me afogo
na angústias das palavras
que não faz boca falar

parece duas di eu

mas inda assim me sinto só.

*um anagrama de rudeza

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s