medida

sem o assomo da palavra
a calada gera assombro
mas é só uma palavra
se não bate nos escombros,
na carcaça
no encontro das clavículas des-ali-nha-das das
costelas des-comportadas que mal cabe
os pulmão

encher de ar,
pulmão!
mais não: enche é de água,
quase afoga
coração

[“amor é medida, amor é medida”
“amor é me-ti-da???”
(risos, muitos risos)]

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s