jacaré

férias era assim: na casa do meu avô.
tia vera de vez em quando dizia, “escadinha distribuiu um montão de brinquedo na favela!”,
escadinha era um bom traficante!,
e todo mundo ficava com inveja das crianças da favela porque, na casa do meu vô,
a única coisa distribuída pras crianças era muito calor,
& a manha de deitar numa ponta ou na outra da colchonete pra ver se o ventilador de teto amenizava alguma coisa do lado vazio.

eu nunca que entendia porque ir na praia da barra se era tão longe & o mar tão bravo, tão bravo, tão tão gelado, que eu ficava só olhando de longe, com medo de entrar pra pegar jacaré mas acabar tomando é caixote.
as praias da baía de guanabara eram perto, dava pra ir à pé da rua B, água morna, ondas preguiçosas, por que não?
mas todo mundo reclamava que era muito sujo – só que eu acho que assim mesmo eu ia achar melhor do que ficar horas no trânsito pra não ter a menor chance contra aquela mar gelada irritada.

a aline, da rua B, era menina-sapatão, e eu sempre soube disso, quem não? ela saía na rua sem camisa, só de short, e jogava futebol com os meninos.
ai como eu queria ser que nem a aline, que naquele calorão eu tinha era que usar sutiã:
aos 08 já tinha peitinho de criança gorda,
aos 12 eles já eram enormes y caídos.

um dia eu tava treinando assoviar alto, entre dois dedos cruzados,
e meu vô estatelado lá na sua poltroninha verde cheia de caspas olhou com uma cara marota,
“quê isso minha netinha, tá chamando os caboco?”
eu nem sabia o que era caboco ainda
mas depois aprendi
y lembrei dos olhinho maroto dele, vibrantes no meio da paralisia do derrame,

que a gente era tudo da mesma laia.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s